Você é uma criança que cresceu!

Quantas vezes em sua vida tudo o que você queria era um colo de mãe?

Ou o olhar protetor de teu pai dando garantias de que o caminho é seguro?

Saiba que  você é uma criança que cresceu! Muitas vezes nas atribulações da vida adulta, contas a pagar, luta pela sobrevivência,  carreira, filhos, família, relacionamento, etc; nós vestimos a carapaça da capacidade e autossuficiência e esquecemos das nossas necessidades mais básicas!

Agora já não temos mais a mãe gritando:

” Leva o guarda chuva, vai chover! Pegou um casaco, tá frio! Se cuida, olha com quem anda!  Vou fazer aquele bolo que você mais gosta!”

Ou o Pai dando apoio e confirmando que aquela aventura é possível, que você pode ir e tem sua bênção!

 

Mas isso não significa que não necessitamos mais desses cuidados e carinhos básicos. Na verdade nossa infância, através dos cuidados de nossos pais ou responsáveis por nossa tutela, deveria ser  um treino para que nos tornássemos adultos responsáveis, primeiramente por nós mesmos.  Passando para a vida adulta cuidando de nossa Criança interior, bem essa que na maioria das vezes está abandonada, esquecida, negligenciada, ferida, mau tratada…

Muitas vezes fomos literalmente abandonados, esquecidos, negligenciados, feridos, mau tratados, etc, enquanto crianças; e ironicamente, ao nos tornarmos adultos, continuamos fazendo o mesmo com nossa menina ou menino interior.

O psicoterapeuta americano , John Bradshaw, em seu livro Volta ao Lar diz :  quando mantemos nossa criança interior escondida, ela continua a se manifestar na vida através de crises de raiva, reações exageradas, vícios, problemas conjugais,desempenho prejudicial enquanto pais, relacionamentos dolorosos e destrutivos.

Reforçando a importância de olharmos para essa curta fase de nossa vida e liberarmos os traumas que possam ter ficados esquecidos, mas atuantes em nossa em nossos comportamentos.

Para Leonard Orr, pai do renascimento, trabalhar com a criança interior tem efeitos mágicos. Muitas vezes a pessoa experimenta grandes liberações, desenvolvem novas ferramentas e resgatam memórias nítidas da mais tenra idade e que acreditavam estar esquecidas.

Eu Lenshari tive a oportunidade em meu primeiro retiro de formação como renascedora com Leonard Orr, de vivenciar um ensinamento entregue a mim a partir de um sonho mágico com o nosso Mestre no renascimento, Mahavatar Babaji.

Importante dizer que nos retiros inciamos o dia com meditações e mantras, nesse dia em especial eu tive uma crise de riso durante a meditação, e fiquei muito envergonhada por não conseguir conter meu riso diante de um momento tão respeitoso e sagrado  para todos nós que ali estávamos. Nesse dia apoiei  sessões de renascimento e também recebi, e o dia correu normal.

A noite em meu sono Babaji veio me mostrando um portal. Nesse portal muitas pessoas espiritualizadas, com seus mantras, e rezos sagrados tentavam entrar e não conseguiam. eu também tentei e não pude; Babaji ria, se divertindo. Por mais elevados que fossem nossos pensamentos e vibrações não podíamos entrar, e tentávamos de todas as formas e nada.  Então começaram a surgir crianças pequenas, brincalhonas , espontâneas, sapecas,  e barulhentas, como toda criança; e as portas se abriram para elas…

Nesse momento tive a percepção do ensinamento, comecei a agir como criança, soltei a imaginação, o riso e  a criatividade; aí sim as portas se abriram e lá do outro lado o Mestre me aguardava com um abraço e num sorriso radiante me  disse: “tudo bem rir do sagrado, tudo bem brincar e divertir-se, é pra isso que serve a vida! Que seja leve, e divertida em todas as suas possibilidades, brinque com a vida!

Mestre Mahatar Babaji

Assim, para mim, fica muito claro o quanto é possível transformarmos nossas vidas primeiro liberando as feridas de nossa infância, autorizando nossa criança interior a voltar a se manifestar em sua luz, levando luz de amor, e aceitação a ela e a todas as lembranças dessa etapa nos trouxe até aqui.

Nesse dia das crianças meu presente a minha pequena Deusa menina e também para a sua criança interior é essa afirmação de Poder:

“Tudo Bem pequena Criança, você está segura. agora que sou adulta, sou seu pai e sua mãe! Agora que sou adulta(o) eu cuido de você, pode confiar agora que sou adulta(o) eu te protejo, eu a levo para passear, ouço seus anseios e atendo a suas necessidades. Eu te amo do jeito que você é, Você é perfeita para mim.”

Repetindo essa afirmação e trazendo a respiração consciente para o coração, permita que o amor preencha todos os espaços de lembranças que surgirem após essa experiência, já é um começo!

“Nossos olhos são o espelho de nossa Alma. Quando olho no espelho com muita atenção ainda posso vê-la refletida, na profundidade desse olhar, uma infância de lembranças algumas muito maravilhosas e outras não tão belas, onde se instalaram muitos traumas, alguns já liberados e outros em andamento.” ( nessa foto tenho uns 6 a 7 anos)

Todo dia é dia das Crianças! Respeito e proteção as nossas sementes do amanhã, esse é meu rezo.

Com muito amor  pela pequena Diene que me habita.

Diene Grande

 

 

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *